sábado, 8 de maio de 2010

Personificação

Eu adoro a tua boca.

Mal conversamos.
Você aparece, me usa como quer, e o resto do tempo, nem pensa em mim.
E eu fico aqui, te esperando, pra sempre.
Juro que serei sua, só sua, de mais ninguém.
Gosto quando esquece o box do banheiro aberto,
e fico olhando teu corpo, nu, tomando banho.
Sei que você já teve muitas outras
E também, que a qualquer hora, pode me trocar por outra
Ai, ai...
Como é dura
a vida de uma escova de dentes...

3 comentários:

  1. hahá adoreeeeei,
    gosto da maneira como a Deyse escreve, rs

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Alessandra :D
    Que ótimo ouvir (ler?) isso...
    Abração!

    ResponderExcluir